Aprendendo a fazer seu Próprio Consentimento Informado

Aprendendo a fazer seu Próprio Consentimento Informado

Ensinar a pescar, não entregar o peixe. Essa frase é muito importante que seja compreendida. Um consentimento informado não é só copiar e colar um semelhante de outro profissional, ele precisa ser pensado na proteção jurídica do profissional, seja da odontologia ou de qualquer outra área da saúde.

Deve, ainda,  refletir as técnicas que ele utiliza, além ser complementado com informações sobre os diversos tratamentos, esta sim seriam os únicos aspectos “copiáveis” de outros consentimentos. Então acompanhe esta aula completa explicando como você pode montar seu próprio jogo de consentimentos:


Publicado por:
Mestre em Medicina/Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, Prótese Dentária, Prótese Bucomaxilofacial e em Harmonização Orofacial. Coordenador de cursos em Implantodontia e Harmonização Orofacial do Instituto Velasco, Diretor do Hospital da Face