Cromóforos, Endolaser Facial, curso endolaser facial

Cromóforos e a Aplicação de Endolaser Facial

A palavra “cromóforo” tem origem no grego antigo. Ela é composta por duas partes: “chroma,” que significa “cor,” e “phoros,” que significa “portador” ou “carregando.” Portanto, “cromóforo” pode ser traduzido como “portador de cor.”

O termo é amplamente utilizado em química e bioquímica para descrever partes de moléculas que são responsáveis por sua capacidade de absorver certos comprimentos de onda da luz visível, ultravioleta ou infravermelha. Essa absorção é o que dá cor a muitas substâncias.

A compreensão dos cromóforos é crucial em várias áreas da ciência e da tecnologia, incluindo o desenvolvimento de tintas, corantes, sensores e até mesmo em pesquisas biomédicas, onde moléculas como a clorofila e os carotenoides são exemplos de cromóforos naturais.

Em contextos mais específicos o termo pode ser usado para descrever grupos funcionais em moléculas que têm propriedades de absorção de luz particulares. Neste artigo, vamos explorar em detalhes o que são cromóforos e como eles funcionam, com ênfase especial nos cromóforos encontrados em água, lipídios e hemoglobina, que é o que nos interessa no uso do endolaser facial.

Água não tem cor, mas é um cromóforo.

A água é um cromóforo universal que absorve uma ampla gama de comprimentos de onda. No entanto, ela tem picos de absorção específicos que podem ser explorados em procedimentos médicos. Os comprimentos de onda em torno de 1.450 nm e 1.940 nm são especialmente eficazes na absorção pela água. Isso ocorre porque esses comprimentos de onda coincidem com os picos de absorção da água, tornando-os ideais para procedimentos que visam a geração de calor.

Geração de Calor para Coagulação e Desnaturação

Em procedimentos de endolaser onde a coagulação é o objetivo, o uso de comprimentos de onda que são eficazmente absorvidos pela água pode ser muito útil. A energia do laser é convertida em calor, que pode ser usado para  desnaturar o colágeno e ou coagular e selar vasos sanguíneos. Isso é especialmente útil em procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos, onde a coagulação eficaz pode minimizar o sangramento e acelerar o processo de cicatrização.

Além da coagulação, a geração de calor também pode ser usada para estimular a produção de colágeno. O calor induzido pelo laser pode desencadear uma resposta inflamatória controlada, que, por sua vez, estimula a produção de colágeno. Isso pode ser benéfico em tratamentos estéticos que visam melhorar a elasticidade e a textura da pele.

Lipídios também são Cromóforos

Os lipídios são cromóforos que têm uma afinidade particular por comprimentos de onda na região do infravermelho. Mais especificamente, os comprimentos de onda em torno de 920 nm a 980 nm e 1.210 nm a 1.240 nm são especialmente eficazes na absorção pelos lipídios. Esses comprimentos de onda são ideais para procedimentos que visam a quebra de células de gordura, também conhecida como lipólise.

Lipólise é um nome bonito para indicar a destruição do adipócito…

A lipólise é um procedimento que visa quebrar e eliminar células de gordura. Ao utilizar comprimentos de onda que são eficazmente absorvidos pelos lipídios, é possível direcionar a energia do laser especificamente para as células adiposas. Isso permite que a energia do laser seja convertida em calor dentro dessas células, causando sua ruptura e posterior eliminação pelo sistema linfático.

O uso de lasers com comprimentos de onda específicos para lipídios minimiza o impacto em outros tecidos, como vasos sanguíneos e células da pele, tornando o procedimento mais seguro e eficaz. Além disso, a lipólise a laser pode ser uma opção menos invasiva em comparação com métodos tradicionais como a lipoaspiração. Neste ponto de vista, a seleção inadequada do comprimento de onda ou a aplicação incorreta do laser podem resultar em danos aos tecidos circundantes ou em resultados insatisfatórios, não só aos adipócitos.

Sangue bom: Hemoglobina como Cromóforo

A hemoglobina é o cromóforo responsável pela cor vermelha do sangue e tem uma alta afinidade por comprimentos de onda na região do vermelho e infravermelho próximo. Especificamente, os comprimentos de onda em torno de 400 e 600nm são especialmente eficazes na absorção pela hemoglobina. Esses comprimentos de onda tornam a hemoglobina um alvo eficaz para procedimentos que visam coagular vasos sanguíneos ou tratar condições relacionadas ao sangue.

Outros comprimentos de onda podem ser utilizados nesta questão, desde que a técnica seja adaptada a isto.

A coagulação é um processo crucial em muitos procedimentos médicos e estéticos. Utilizando comprimentos de onda que são eficazmente absorvidos pela hemoglobina, é possível direcionar a energia do laser especificamente para os vasos sanguíneos. Isso permite que a energia seja convertida em calor dentro desses vasos, causando sua coagulação e minimizando o sangramento. Este método é particularmente útil em tratamentos como a remoção de varizes, hemangiomas e em procedimentos cirúrgicos que requerem controle preciso do sangramento.

Ainda que não seja aplicado de forma intra-vascular, o uso do endolaser em face aproveita o efeito da coagulação dos vasos para tornar o procedimento mais seguro.

Além disso, os lasers que são eficazmente absorvidos pela hemoglobina também podem ser usados para tratar outras condições relacionadas ao sangue, como rosácea e telangiectasias. Nestes casos, o laser ajuda a coagular os pequenos vasos sanguíneos que contribuem para a condição, resultando em uma melhora na aparência da pele.

Conclusão

O entendimento dos cromóforos e sua interação com diferentes comprimentos de onda é fundamental para o sucesso de procedimentos de endolaser facial. A água, lipídios e hemoglobina desempenham papéis distintos e são alvos potenciais que podem ser explorados para alcançar resultados eficazes em tratamentos como lipólise e contração tecidual

Por isso que ´é importante ter uma formação completa no tema, como nosso curso de Endolaser facial!


Acompanhe nossas aulas e publicações!

Tenha acesso à nossa newsletter semanal e participe do Instituto Velasco PLAY, com video-aulas, artigos, ebooks, tudo 100% GRATUITO para profissionais da Harmonização Facial!



Publicado por:
Mestre em Medicina/Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, Prótese Dentária, Prótese Bucomaxilofacial e em Harmonização Orofacial. Coordenador de cursos em Implantodontia e Harmonização Orofacial do Instituto Velasco, Diretor do Hospital da Face. Trabalha desde 2011 em harmonização facial.