Os riscos da Hyaluron Pen!

Os riscos da Hyaluron Pen!

Aicmofobia.

Se você não sabe, este é o termo correto para medo de agulha. Ou melhor, para ser mais correto: é um transtorno de ansiedade caracterizado por um medo irracional e extremo de agulhas, injeções ou procedimentos médicos invasivos. Pessoas que sofrem de aicmofobia experimentam ansiedade intensa e podem até mesmo entrar em pânico diante da perspectiva de receber uma injeção ou passar por qualquer tipo de procedimento que envolva agulhas.

Aí temos um problema sério quando falamos na harmonização facial, né?

Agulha é praticamente onipresente em todos os procedimentos de harmonização facial. Praticamente tudo depende de agulhas, ou a sua prima, a cânula…

Seria sensacional se existisse uma forma de contornar o uso das agulhas, né? Pensando nisso, nos últimos anos, tivemos uma profusão de dispositivos Injetores sem agulhas, ou as famosas Hyaluron Pen. São “canetas” que usam alta pressão para forçar a entrada de diversas substâncias através da epiderme e derme.

Mas serve pra tudo? não. Muito pelo contrário…

É cilada, Bino…

Conseguir, por pressão, entregar o medicamento intradérmico sem agulha é bem interessante, mas tem muitos, muitos poréns. Para ter ideia dos riscos, até a Administração de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (o conhecido FDA) está alertando o público e os profissionais de saúde para não usarem dispositivos sem agulha para a injeção de ácido hialurônico (HA) ou outros preenchedores labiais e faciais.

Porque? Porque tem aparecido com cada vez mais frequência lesões graves e, em alguns casos, com danos permanentes na pele, lábios ou olhos decorrentes do uso de dispositivos sem agulha ao utilizar preenchedores labiais e faciais.

De um lado, o fato de ser “sem agulha” tem uma apelo direto aos pacientes mais atirados que “agora podems fazer os preenchimentos em casa, em suporte profissional”, e por outro temos profissionais sem a habilitação e autorização necessária para o uso de injetáveis se acharem no “direito” de usar estes dispositivos a torto e a direito.

As recomendações do aos pacientes/consumidores são bem diretas:

  • Não se submeta a nenhum procedimento de preenchimento com caneta pressurizada ou similares.
  • Não compre ou utilize preenchedores labiais ou faciais vendidos diretamente ao público.
  • Não injete em si mesmo ou em outras pessoas preenchedores labiais e faciais usando qualquer dispositivo. Os preenchedores dérmicos aprovados pela FDA são indicados apenas para uso com prescrição.
  • Se você tiver algum problema ou preocupação após a injeção de preenchedores labiais e faciais usando um dispositivo sem agulha, procure atendimento de um profissional de saúde licenciado.
  • Relate quaisquer problemas ocorridos após o uso de dispositivos sem agulha à Anvisa, em especifico ao Vigimed.
  • Os procedimentos com preenchedores dérmicos devem ser realizados apenas por profissionais de saúde licenciados.

E para os profissionais também são bem especificas:

  • Esteja ciente de que dispositivos sem agulha para a injeção de preenchedores dérmicos não são aprovados pela Anvisa ou pelos fabricantes dos preenchedores.
  • Não transfira preenchedores dérmicos para dispositivos de injeção sem agulha sob risco de contaminação do material
  • Esteja ciente de que os preenchedores dérmicos aprovadossão fornecidos mediante prescrição para injeção por um profissional de saúde licenciado usando seringa com agulha ou cânula.
  • Se você encontrar um paciente que tenha sofrido efeitos adversos de um procedimento que envolva o uso de dispositivos sem agulha para injetar preenchedores, considere fazer um relatório à Anvisa, em especifico ao Vigimed.

Mas serve pra alguma coisa o HyaluronPen?

Sim, entenda no video que preparamos especialmente para isso:


Acompanhe nossas aulas e publicações!

Tenha acesso à nossa newsletter semanal e participe do Instituto Velasco PLAY, com aulas 100% GRATUITAS para profissionais da Harmonização Facial!



Publicado por:
Mestre em Medicina/Cirurgia de Cabeça e Pescoço, Especialista em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial, Prótese Dentária, Prótese Bucomaxilofacial e em Harmonização Orofacial. Coordenador de cursos em Implantodontia e Harmonização Orofacial do Instituto Velasco, Diretor do Hospital da Face. Trabalha desde 2011 em harmonização facial.